como ter segurança na internet

A internet chegou para agregar muito na vida de todos, e hoje não é possível imaginar como viver sem internet. Tudo que fazemos hoje está interligado; uma consulta de endereço médico, estudos, compras, resolução de problemas, tudo está conectado.

Porém, toda essa interatividade e conectividade traz consigo a vertente negativa, que é o risco de exposição de informações sensíveis como dados bancários, dados pessoais, entre outros.

Para evitar que isso aconteça, é necessário criar alguns mecanismos de segurança ao navegar na internet para evitar que problemas como esses possam ser evitados.

Pense que para sair de sua casa, seja para ir ao trabalho ou na padaria, você toma uma série de cuidados, como: verificar se todas as portas estão devidamente trancadas para evitar invasões; se está com todos os documentos em dia e se não esqueceu nada que você possa precisar, entre outros cuidados. Do mesmo modo, para ter uma segurança na internet é necessário ter vários cuidados!

Na internet os cuidados são semelhantes, porém em uma esfera digital, onde todos esses cuidados devem ser tomados online para proteger seus dispositivos e seus dados.

Para evitar que você seja exposto a riscos, separamos uma série de dicas de Segurança na Internet, confira a seguir:

como ficar seguro na internet

Dicas de segurança na internet para manter seus dados protegidos

1. Encerre suas sessões após o uso:

Temos o péssimo hábito de ao abrir algum aplicativo ou página que necessite de login, deixamos logado, sem que encerremos a sessão. Isso é um grande erro, por mais que seja um dispositivo de uso pessoal, seus dados estão expostos.

Uma dica de segurança simples é sempre que acessar um aplicativo que possui informações pessoais, após o uso, encerre a sessão, clicando no botão Sair/Desconectar.

2. Crie senhas complexas:

Ao criar sua senha para uso na internet, seja para acesso às Redes Sociais, E-mail, Internet Banking, pense em senhas que você consiga lembrar, porém que não seja fácil para ser descoberta.

Utilize combinações de letras, números e se possível caracteres especiais. Você pode colocar uma senha simples, porém quando você utiliza caracteres especiais fica muito complexo de descobrir utilizando o método de tentativa e erro.

Veja a diferença:

  • Senha simples: Amor0804
  • Senha complexa: @moR*8*4

A lembrança será a mesma, porém a forma da escrita que diferencia, tornando muito mais seguro e reduzindo drasticamente a chance de invasores conseguirem acesso a sua conta.

3. Mantenha seu sistema operacional e seu antivírus atualizado:

A cada dia novas ameaças da internet são lançadas no mercado para fazer novas vítimas. Com isso, as empresas estão cada vez mais preocupadas em manter seus softwares livres de ameaças e estão sempre lançando uma atualização.

Por isso a importância de manter tanto o seu sistema operacional quanto o seu antivírus atualizado. Mas não se preocupe, pois a atualização acontece de forma automática, a menos que você tenha desabilitado essa opção manualmente.

4. Cuidado com Downloads:

Jamais faça download de algum arquivo cujo a extensão seja desconhecida para você, ou de algum E-mail que você possa ter recebido, mesmo sendo uma fonte confiável.

A maioria dos vírus que estão espalhados pela internet infectam os dispositivos através de um simples download. Desconfie se você receber um arquivo de um colega de trabalho com uma extensão: trabalho.doc.exe, pois é bem provável que não foi seu colega que enviou esse tipo de arquivo. Se for em ambiente empresarial, relate à equipe responsável sobre o recebimento de arquivo suspeito; se for em ambiente residencial, apague esse E-mail sem abrir.

Existem situações em que você navegando em algum site e de repente surge um pop-up com uma oferta que resolveria todos os seus problemas, com um aumento absurdo de velocidade da sua internet ou um aparelho que você queria muito e está por menos da metade do preço, onde ele solicita que você baixe um determinado arquivo para ter acesso à todo conteúdo. Cuidado com esse tipo de oferta porque pode ser um vírus!

LEIA TAMBÉM:

O que é WannaCry Ransomware e como se proteger

5. E-mails falsos:

Ainda não existe uma solução definitiva para os E-mails falsos, mas existem algumas dicas simples para que consiga identificar facilmente que trata-se de um vírus, como:

  1. Erros de português: é muito comum E-mails com códigos maliciosos possuírem muitos erros de português, palavras sem nexo no corpo do E-mail e títulos sem sentido.
  2. Anexos com extensões estranhas: anexos com duas extensões, extensões estranhas ou pastas compactadas são suspeitos.
  3. Instituições bancárias: Lembre-se disso, instituições bancárias não fazem comunicados por E-mail, principalmente solicitando atualização de suas informações ou qualquer outra solicitação. O comunicado oficial será feito por telefone ou por carta.

Por enquanto é só isso pessoal! E para manter-se sempre bem informado, CLIQUE AQUI e assine gratuitamente nossa newsletter para receber os novos artigos!

Deixe um comentário

Por favor, escreva seu comentário!
Digite seu nome aqui